Assinar Receba o Nosso Conteúdo Atualizado. Clique Aqui Para Receber.

Caso Telexfree e BBom, o que podemos aprender

No título cito como caso Telexfree e BBom, mas o caso vai muito além, passando por Blackdever, Priples, Winner Manager, os diversos MMN que surgem todo os dias e outras coisas que citarei ao longo do artigo.

O Marketing Multinível teve um grande boom no Brasil com a Telexfree no ano passado. Embalada no sucesso da Zeek Rewards, que também trabalhava com anúncios, mas direcionados ao seu site de leilão de centavos, a Telexfree chegou e mudou a vida de muitas pessoas e o rumo do MMN e até mesmo do trabalho em casa no Brasil.

Mas assim como a Zeek Rewards, o sucesso chamou muita atenção e no caso da Telexfree o grande número de afiliados acabou gerando um grande número de problemas também, culminado na paralisação das atividades da empresa em junho de 2013.

Para quem não sabe a Zeek Rewards foi fechada pelo governo americano, e está sendo feito um processo de ressarcimento das pessoas que não obtiveram lucro. O caso completou um ano e ninguém recebeu ainda. Cerca de U$ 300 milhões foram liberados a pouco tempo para essa finalidade.

Mas lá ao contrário daqui, a empresa praticamente não pode fazer nada e as pessoas não se uniram.

Já no Brasil, apesar de todas as dificuldades que tanta gente tem passado, espero realmente que seja algo que possa no final ter acontecido para melhorar o serviço prestado, fortalecendo o Marketing Multinível e dando mais segurança a ambos os lados.

Com todos os casos podemos aprender bastante.

Eu sou o tipo de pessoa que gosta de procurar entender o próximo antes de julgar.

Todas as empresas tiveram acertos e erros, e espero que isso sirva de aprendizado para elas também.

Claro que é complicado quando empresas como a Telexfree e a BBom, que crescem repentinamente e não dão conta de atender tamanha demanda. O certo de repente seria paralisar durante um tempo os cadastros, mas por outro lado como segurar uma chance dessas para a empresa? Seria o certo, mas é complicado.

Acho que a Telexfree pecou mais em deixar o atendimento cair tanto. No começo em 5 minutos você tinha um email respondido, depois praticamente ninguém mais conseguia contato, e o pior, muitas pessoas, mas muitas mesmo não conseguiam sua senha de saque e não podiam retirar o dinheiro. Foi aí que começaram os problemas e queixas (e com razão). Por que não faziam como as outras empresas e permitiam o próprio usuário cadastrar e/ou modificar essa senha?

A BBom errou em não conseguir entregar os rastreadores. A Embrasystem do senhor João Francisco com certeza é uma grande empresa, com 17 anos de mercado, e várias divisões. Mas pecaram também nesse ponto.

Um ponto positivo pra BBom, foi a empresa desde o começo se mostrar disposta a fazer os ajustes que fossem necessários e deixar isso bem claro ao Ministério Público Federal.

Falta um pouco de organização ao Marketing Multinível no Brasil.

A Winner Manager diferentemente das outras está passando por problemas financeiros. Teve problemas com hackers (não sei exatamente o que foi atacado) e com a carteira de pagamentos Akatus, que no caso levou um tombo de milhões e acabou prejudicando a WM.

A Winner Manager se mostrou um pouco despreparada, trocou várias vezes a carteira de pagamentos.Quando iria fazer depósitos diretos, também seria através de uma empresa(que não funcionou).

A carteira de pagamentos que funcionava (Dekpag) mudava constantemente a forma dos pagamentos e horários para pedir saque (mas pelo menos pagava). O site da WM ficou cerca de 2 semanas sem funcionar em junho, entre outras coisas que precisavam ser ajustadas.

Em fim, o quero dizer é que o crescimento foi muito rápido e grandioso para as empresas, mas a qualidade da prestação de serviços não conseguiu acompanhar.

Para finalizar:

Tome muito cuidado ao tentar participar desses tantos projetos que tem surgido todos os dias, pois na tentativa de melhorar as coisas você pode acabar tendo um tombo ainda maior. Tem muita gente aproveitando desse momento para ganhar em cima do desespero das pessoas.

Espero que possamos ter a nossa regulamentação do MMN em breve e que as empresas se adequem e pensem mais nos seus afiliados e consumidores.

O que fica de muito bacana é a união que o povo brasileiro teve nessa hora. Não vejo necessidade nenhuma em rivalizar entre empresas de MMN.

Espaço tem para todos. Precisamos é de fazer o nosso modelo de negócios crescer cada vez mais. Nós somos quase 200 milhões de pessoas só na Brasil, e o nosso negócio é global.

Então espero que essa união se faça entre todos e que as empresas tenham um maior carinho pelos seus afiliados.

Assim, todos saem ganhando.

Grande abraço e sucesso,

Elias Junior

Obs: Espero que em breve as empresas possam estar liberadas, ajustadas e todos possamos trabalhar felizes e com segurança.

by Elias Junior

Empreendedor Web e gestor de E-Commerce e do blog Faturando.com.br. Com formação em Gerência de E-commerce e Marketing Digital pela E-commerce School.

0 comments… add one

Leave a Comment

Next Post:

Previous Post:

Google+